Mal de altitude e a folha de coca

  Assim que pousamos em Cusco já fiquei esperta com os primeiros sintomas do mal de altitude, na verdade isso chama: sintomas da ansiedade, eu estava bastante preocupada com isso, afinal, muitas pessoas simplesmente perdem a viagem e não queria isso nem no pensamento. Ainda esperando as malas já ganhamos umas folhinhas de coca, sem ainda perceber algum sintoma masquei as folhas de um gosto bem amargo e esperei. Não deu mais que meia hora para começar a sentir as primeiras sensações estranhas, na rua parecia que algumas coisas estavam em câmera lenta, um pouquinho de tontura já me preocupou.

Chegamos ao hotel e já nos ofereceram o chá da folha de coca, um pouco mais docinho, mas não deixa de ser ruim, nessa hora o coração já estava acelerado e a respiração bastante ofegante, a orientação no hotel foi descansar de imediato, mesmo com a ansiedade de bater pernas na rua.

Vou citar os nossos principais sintomas, mas lógico, que muda de pessoa para pessoa, só vai saber como seu corpo reage indo pra lá.

1 – Respiração ofegante

2 – Dor de cabeça

3 – Tontura

4 – Coração acelerado

5 – Enjoo

Depois de descansar fomos pra rua, um pouco que andávamos já tinha uma sensação muito grande de cansaço. Em Cusco são 3400 metros acima do nível do mar e os sintomas vem com toda a força, tomamos alguns cuidados para amenizar o mal-estar:

1 – Descanso. Não adianta chegar à Cusco e querer conhecer tudo no primeiro dia, o roteiro deve ser feito com muito cuidado e o primeiro dia reservado para isso.

2 – Alimentação. Evitar bebidas alcoólicas, tomar bastante água e preferir comidas leves.

3 – Tranquilidade. Até simples coisas do dia a dia como subir escadas, andar pelas ruas, podem ser um problema.

4 – Folhas de coca. Chá, mascar a folha, ou em forma de bala ajudam a aliviar.

5 – Remédios. Em Cusco tem propagandas de vários remédios, mas é bom dar uma atenção maior a saúde e levar remédios para dor de cabeça e enjoos daqui mesmo, caso tenha algum problema de saúde. Não precisamos tomar nenhum remédio por lá, ficamos só no chá e na folha de coca.

Em Machu Picchu dá uma melhorada, de 3400 de Cusco cai para 2400, já se sente uma boa diferença, mas não desaparecem os sintomas de vez nos obrigando a tomar os mesmos cuidados, já que qualquer andada por lá cansa muito.

No aeroporto de Cusco achei umas folhas de coca com cobertura de chocolate, pena que foi na volta, pois o gosto é muito melhor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s